Siga-nos:

Combater a celulite é possível!

 
Saúde & Bem-estar

Combater a celulite é possível!

Rapariga sem celulite

É um choque quando nos apercebemos dos primeiros sinais de “casca de laranja” nos nossos corpos… parece que surgiram de um dia para o outro e, de repente, não voltamos a exibir certos centímetros da nossa pele a ninguém! Nenhuma mulher é imune à celulite (aliás, afecta 90% da população feminina mundial!), mas isso não quer dizer que tem de se render à sua invasão! Saiba como prevenir e defender-se de um dos piores inimigos do sexo feminino!

Agente Infiltrada

  • A celulite é uma acumulação de gordura na hipoderme (a camada mais profunda da nossa pele), aliada à retenção de água e ao envelhecimento do tecido conjuntivo. Um triste trio que provoca nódulos de gordura conhecidos como “adipócitos” que, para além de serem extremamente resistentes, são flexíveis e podem crescer até 100 vezes o seu tamanho original. Um grupo numeroso de adipócitos depressa domina o tecido conjuntivo que o rodeia, esmagando-o e trazendo a celulite à superfície da pele.
  • Atacando mulheres magras e menos magras, a celulite instala-se principalmente nas zonas da barriga, coxas, nádegas e ancas, existindo dois tipos: aquela que é apenas visível quando se aperta a pele e aquela que já se encontra à tona da pele, ou seja, à vista de todos! A primeira é mais fácil de tratar do que a segunda e, quanto mais velhas ficamos, mais visível se torna a celulite, isto porque também a nossa pele envelhece… por isso, está à espera de quê?
  • As origens da celulite são várias e algumas, caso das variações hormonais ou da predisposição genética, não deixam grande margem de manobra. No entanto, a falta de exercício e uma alimentação pobre também contribuem largamente para a pele “casca de laranja”, mas aqui pode tomar medidas que não têm de ser drásticas – ponha-se a mexer e adopte uma dieta com baixo teor calórico e elevada ingestão de água.

Alimentação

  • Para prevenir ou combater o aspecto “casca de laranja” da sua pele, comece pelo prato. Evite alimentos ricos em açúcar, lípidos, álcool, cafeína e até as bebidas gaseificadas (possuem muita energia que infelizmente se vai acumulando no nosso organismo e intensificando a celulite); o sal (ao favorecer a retenção de líquidos está a contribuir para a formulação de celulite); alimentos gordos (pizza, molhos, queijos, pães e bolachas recheadas…); e a utilização de óleo na confecção dos alimentos
  • Faça questão de incluir na sua dieta cereais integrais (diminuem a absorção de gorduras e ajudam a regular os intestinos); fruta e legumes (alimentos diuréticos que produzem colagénio, uma substância essencial para uma pele saudável); proteínas magras (clara de ovo, aves, peixe e carnes vermelhas magras); a ingestão de pelo menos um litro e meio de água por dia é um excelente aliado contra a retenção de líquidos e ajuda a eliminar toxinas.

Exercício Físico

  • Não há melhor remédio para o seu corpo e, consequentemente, para a sua pele, do que queimar calorias, por isso, sempre que tiver alguns minutos livres mexa-se: circule pelo escritório em vez de ficar sentada à conversa com a colega do lado, dê uma caminhada depois do almoço e suba as escadas do seu prédio no fim do dia. Para beneficiar directamente as zonas onde a “casca de laranja” já se instalou, faça umas sessões de step ou ande de bicicleta para redefinir glúteos e pernas; ou opte pela marcha, corrida ou bicicleta estacionária se tem um “pneuzinho” para diminuir.  

Cosmética

  • Manter a pele hidratada, com recurso a um creme específico para o seu tipo de pele, é um gesto que tem de manter diariamente, 365 dias por ano, para curvas bem definidas e um corpo tonificado, sem celulite à vista.
  • Ao seu hidratante diário, junte um creme adelgaçante e/ou refirmante, especialmente concebido para combater a celulite – não faltam opções, basta ir experimentando até se sentir satisfeita com um único produto. Os poderes destas maravilhas da indústria cosmética estão relacionados com ingredientes anti-celulíticos, tais como a cafeína, ginko, l-carnitina, cálcio, os extractos de chá verde, de algas, de casca de pinheiro e de flor de laranjeira, entre outros.
  • E são precisos apenas 5 minutos diários para combater a celulite, graças à aplicação do gel (ou creme ou serum ou bandas) nas zonas mais afectadas pela pele “casca de laranja”. A técnica é simples, basta espalhar o produto com massagens circulares e ascendentes. Este ritual anti-celulítico também deve ser seguido todo o ano, não apenas nos meses ou semanas que antecedem o Verão!
  • O combate à celulite exige uma abordagem multi-disciplinar: exercício físico, alimentação equilibrada, cremes, massagens e até suplementos alimentares em forma de comprimidos ou chãs. Dirija-se à sua farmácia de confiança para se aconselhar sobre as novidades do mercado.

Tratamentos Estéticos

Os tratamentos estéticos mais recomendados para pôr fim à celulite são:

  • Drenagem linfática manual
    Um tratamento não invasivo e indolor que recorre a movimentos suaves e ritmados que, para além de relaxarem o corpo, estimulam a circulação linfática, o processo imunitário e a regeneração de tecidos. Este tratamento requer 10 sessões iniciais, com um custo de aproximadamente €40/sessão.
  • Endermologia
    Um tratamento não invasivo e indolor que recorre a um aparelho motorizado (composto por um sistema de sucção e dois rolos) que, à medida que vai enrolando e desenrolando a pele, torna-a mais lisa. Esta “ginástica da pele” estimula a circulação do sangue e a drenagem linfática, o que vai diminuir ou eliminar a gordura superficial para uma pele tonificada e macia. Este tratamento requer 10 a 12 sessões iniciais, com um custo de aproximadamente €60/sessão.
  • Mesoterapia
    Micro-injecções localizadas que estimulam a micro-circulação e a drenagem linfática, dissipando a gordura superficial para uma pele mais lisa e firme. Este tratamento requer 6 a 10 sessões iniciais, com um custo de aproximadamente €80/sessão.
  • Radiofrequência
    Este tratamento utiliza um aparelho que, emitindo ondas rádios, actua na zona subcutânea, nomeadamente na contracção das células de gordura. À medida que a gordura vai ficando mais condensada, a pele torna-se mais forte e plana. Este tratamento requer cerca de 6 sessões iniciais, com um custo de aproximadamente €300/sessão.
Comentários (2)
Val Goulart
Segunda, 29/07/2013 - 19:44
Tem um ebook muito interessante sobre tratamento de celulite no site http://e077diihm0tv6qc1mh4iwiondw.hop.clickbank.net/
yandra
Quarta, 02/10/2013 - 15:45
otimas dicas